Pés Descalços

Novembro 10, 2009

A concretude cinza da cidade me lembra quão vazios são esses espaços
Intocados e concretos, com pessoas entocadas com medo dessas retas
Ele fecha o vidro pra tentar escapar da vida pela qual escolheu ir
Eu prefiro manter-me acordado. Não conheço outro meio de sair daqui

De repente tudo aquilo que ouvimos diariamente por toda a vida
se mostra tão falso quanto tudo aquilo que carregamos em nossos bolsos

Pra onde então caminhar?
Pra onde vou sem suas rédeas?
Os pés são meus, e eu decido outra hora!

Se a cidade é um deserto cinza, o que estamos esperando
Para romper com o concreto, como sementes germinando?

___________________

Letra de uma das músicas que saíram no primeiro EP.
Beijos!